A menina estava a sufocar, mas o gato da família conseguiu chamar os pais dela a tempo

1.016

Roy e Bernita Rogers de Kansas City, Missouri (EUA), tinham o sonho de criar uma família grande, mas infelizmente tiveram de suportar a angústia de três abortos espontâneos. Apesar da dor, nunca perderam a esperança.

Para preencher o vazio de não conseguir ter um filho, Bernita decidiu adotar um gato, pois era um ser que ela poderia amar e cuidar.

Com o tempo, o lindo gatinho preto chamado Midnight não só se tornou um membro importante da família, como também marcou o início de algo maravilhoso.

Logo depois de o casal adotar Midnight, Bernita engravidou e deu à luz uma menina, chamada Stacey. A bebé Stacey e o gato Midnight tornaram-se muito bons amigos – ele tornou-se o seu maior protetor.

Quando a bebé deu sinais de que não se estava a sentir bem, levaram-na ao médico, que garantiu que não se passava nada de preocupante.

Depois de voltar para casa, Roy e Bernita deitaram a bebé, sabendo que o monitor estava ligado e que Midnight estava por perto.

Entretanto, ouviram sons incomuns vindos do monitor. “Foi um grito, um autêntico grito. Foi assustador o suficiente para saltar da cadeira e correr”, lembra Bernita.

Os pais preocupados correram para o quarto de Stacey e encontraram-na com dificuldades em respirar. A pele dela começou a ficar azul e ela foi levada rapidamente para a sala de emergência, onde o casal foi informado de que ela tinha sofrido uma insuficiência respiratória total.

Com o tratamento, ela começou a recuperar, mas se eles a tivessem deixado por mais tempo, o pior podia ter acontecido.

Felizmente, Midnight alertou-os a tempo. Os gatos pretos são incríveis, mas infelizmente algumas pessoas afastam-se deles por superstições infundamentadas.

Este gato é um super-herói e merece um grande abraço e um tratamento especial. Os animais sentem coisas que nós não conseguimos e são os nossos guardiões – este gato é a prova disso.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais