Aprenda a impor-se. Na vida, no amor, na amizade e até mesmo na família

1.578

Aprenda a impor-se. Na vida, no amor, na amizade e até mesmo na família. Os espaços existem para serem respeitados e onde termina o do outro, começa o seu. É importante levar a vida com alguma descontração, porque estar sempre na defensiva não é saudável, mas deixar que as pessoas se aproveitem de nós também não. É preciso aprender a estabelecer limites em todos os nossos relacionamentos interpessoais.

Ao longo da vida, precisamos de aprender a impor-nos, com respeito e sem agressividade. Não é um capricho, é uma necessidade.

Devemos fazer o bem sem olhar a quem, mas não podemos esquecer de filtrar tudo aquilo que possa prejudicar-nos. Largar as amizades e relacionamentos tóxicos, pessoas que se aproveitam da nossa boa vontade enão nos fazem bem. Se não há reciprocidade, o melhor é deixar ir.

Até mesmo a nossa família precisa de saber respeitar as nossas vontades, decisões e espaço. Às vezes, temos que ensinar às pessoas a forma como queremos ser tratados. Isso é amor-próprio e autorrespeito.

Em tudo e para tudo na vida, devemos procurar o equilíbrio. Porque tudo começa a partir da forma como nos vemos a nós próprios, e nos tratamos. Afinal, só aceitamos o amor que achamos que merecemos. E muitas vezes merecemos tão mais do que aquilo que achamos…

Se aprendemos a amar-nos, respeitar-nos e cuidar de todos os aspetos da nossa saúde mental, física e espiritual, trataremos os outros com a mesma compaixão, e tudo terá harmonia.

Por isso, não podemos permitir que nossa bondade, gentileza e generosidade sejam confundidas com fraqueza e submissão às decisões, opiniões e vontades alheias.

PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais