As cabines “flutuantes” do Woodnest oferecem vistas deslumbrantes da paisagem norueguesa

350

Se você está à procura de um refúgio privativo moderno, as cabanas Woodnest nas florestas de Odda, na Noruega, são o lugar perfeito.

Essas cabines “flutuantes” parecem-se muito com casas na árvore, mas mais extravagantes, empoleiradas numa árvore e presas ao tronco com um poste de aço 4,5 a 6 metros acima do solo, o que eliminou a necessidade de estruturas adicionais por baixo. Tudo o que se pode ver é a árvore ainda em crescimento, que perfura as cabines.

Este método de construção, projetado por Helen & Hard Architects a pedido dos clientes Sally e Kjartan Aano, deixou o solo da floresta intocado para mostrar respeito pelo meio ambiente e também criar a ilusão de uma pequena casa flutuante.

“Decorrente do desejo do cliente de criar uma experiência espacial única que se conectasse à sensação comum e extraordinária de escalar e explorar árvores, o nosso objetivo era criar um espaço que realmente incorpora o que significa habitar na natureza”, explicam os arquitetos.

E claramente, eles conseguiram fazer isso com sucesso – basta olhar para as deslumbrantes cabines Woodnest.

Para proteger ainda mais a floresta, as duas cabines não são acessíveis de carro – os hóspedes têm de estacionar os seus veículos e fazer uma caminhada ao longo de um trilho íngreme de montanha para chegar até lá. A jornada termina com uma ponte de madeira, que leva à entrada das cabines, localizadas a até 6 metros de altura.

A viagem vale totalmente a pena, considerando as vistas panorâmicas do lindo fiorde de Hardanger.

Cada cabine, de 15m2, pode acomodar até 4 pessoas, e embora pequena, é utilizada de forma eficiente: tem uma pequena casa de banho o e um quarto de cada lado da entrada, um com uma cama de casal e o outro com duas camas de solteiro, enquanto o resto do espaço serve de cozinha e sala de estar.

Toda a cabine tem grandes janelas de vidro que oferecem uma vista panorâmica incrível da floresta e das montanhas ao redor.

O design, em estilo vernacular, usa e abusa da madeira, na estrutura e telhas não tratadas a envolver tudo em forma de cone.

“Os produtos que utilizamos e colocamos à disposição dos nossos hóspedes foram escolhidos porque são de origem local, o que reforça o nosso cuidado e preocupação com o meio ambiente e apoiando o comércio local. Cuidamos do meio ambiente e, portanto, tentamos o nosso melhor para escolher produtos não tóxicos e ambientalmente sustentáveis ​​quanto possível”, escreveu Helen & Hard Architects no seu site.

Estas cabines exclusivas provam que os arquitetos ainda podem produzir projetos incríveis sem precisar de ocupar muito espaço.

Se quiser experimentar uma destas cabines mágicas em Odda, pode reservar uma unidade através do site da Woodnest.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais