Canalizador ajuda mais de 10.000 vizinhos idosos arranjando gratuitamente o aquecimento e canalização das suas casas

773

Não se conhecem muitos canalizadores que ofereçam os seus serviços, até porque realizam um trabalho árduo. Mas James Anderson, um canalizador de 53 anos de Lancashire, Inglaterra, veio mudar isso.

James fornece serviços gratuitos para pessoas com deficiência e idosos desde 2017, quando lançou Depher, a sua empresa comunitária sem fins lucrativos. Durante mais de 3 anos, este homem de bom coração trabalhou 70 horas por semana sem folga. Até agora, ele e a sua equipa ajudaram mais de 10.000 famílias!

A organização sem fins lucrativos depende exclusivamente de doações e financiamento coletivo. Sempre que possível, James oferece os seus serviços gratuitamente, mas quando o financiamento é baixo, é forçado a cobrar uma taxa mínima.

“Contando que eu tenha dinheiro suficiente para encher o tanque do meu carro, estarei lá para tentar ajudar as pessoas que precisam”, disse ele.

A inspiração para criar a Depher (Resposta a Emergências de Encanamento e Aquecimento para Deficientes e Idosos) veio depois de James ser chamado a uma casa para uma segunda opinião.

Ele descobriu que uma empresa de aquecimento estava a cobrar a idosos e deficientes físicos £ 5.500 ($ 7.478) por uma nova caldeira, quando uma simples substituição de peça era realmente tudo o que precisavam.

Desde então, o bom samaritano prometeu ajudar os membros vulneráveis ​​da sua comunidade “a qualquer custo”.

Desde a pandemia, passou a ajudar outras pessoas fora desse grupo demográfico, distribuindo cestas de alimentos, doando equipamentos de proteção individual a abrigos e membros dos serviços de ambulância e até mesmo pagando as contas de famílias necessitadas.

“Começamos apenas por oferecer os nossos serviços profissionais, mas vimos tantas pessoas com dificuldades que parecia errado parar por aí. Tudo o que podemos fazer, vamos tentar fazer”, explicou James, pai de 6 filhos.

James gastou £ 57.000 ($ 77.505) apenas durante esta pandemia, com fins solidários. Embora a iniciativa lhe tenha custado muito, ele diz que “valeu cada centavo”, por saber que ajudou a manter as pessoas vivas.

“Se você tem deficiência ou outros problemas, às vezes estas coisas podem tornar-se muito difíceis de superar e queremos ter certeza que as pessoas estão bem cuidadas. Todos nós temos responsabilidade social uns para com os outros. Precisamos de estar presentes uns para os outros”, disse.

Infelizmente, mais de 17.000 pessoas morreram no Reino Unido no ano passado devido a casas frias e falta de combustível e James assumiu como missão reduzir esse número a zero. Recentemente, lançou uma campanha de arrecadação de fundos para ajudar milhares de famílias durante os meses frios do inverno, quando as pessoas certamente precisarão de aquecimento.

As boas ações de James atraíram a atenção das redes sociais pela primeira vez quando a fotografia de uma conta de £ 0 que deixou para uma mulher de 91 anos com leucemia se tornou viral.

O recibo do conserto da caldeira, partilhado pela filha da mulher, vinha acompanhado da seguinte mensagem:

“Sem qualquer custo para esta senhora, em circunstância alguma. Estaremos disponíveis 24 horas para ajudá-la e mantê-la o mais confortável possível.”

Hoje, James trabalha com canalizadores de Lancashire, Manchester, Leeds, Nottingham e partes da Escócia, e espera cobrir todo o Reino Unido em breve.

“Tem sido muito suor e dor, mas continuamos até que o bom homem lá de cima me diga que terminei a minha missão. Fazer tudo isto fez-me perceber a realidade das nossas comunidades, a quantidade de pessoas que estão a enfrentar dificuldades, e você não pode simplesmente ficar sentado sem fazer nada”, acrescentou.

Infelizmente, James contraiu Covid-19 e está a “lutar para respirar ou fazer coisas normais, tendo ataques de ansiedade e problemas de sono”, segundo uma atualização em seu GoFundMe.

No entanto, o bom é que agora já está em processo de cura e a sua família está otimista de que ele terá uma recuperação total o mais rápido possível.

Estamos todos a torcer pela sua rápida recuperação, James! Se gostaria de contribuir com a missão de James de ajudar os mais vulneráveis, pode doar para o GoFundMe dele.

PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais