Eu tenho 6 filhos e esta é a razão pela qual a minha casa está sempre limpa

1.103

Muitas mulheres de família têm dificuldades em manter a casa arrumada, especialmente quando têm filhos pequenos.

Porém, algumas conseguem fazê-lo de forma exemplar, como é o caso da mãe que escreveu o testemunho abaixo, Krechelle Carter, da Eightathome.

Aqui ficam os segredos dela para um lar harmonioso:

“Perguntam-me sempre como é que mantenho a casa tão limpa, a trabalhar e com seis filhos?”

A verdade é que, se fizer uma batalha de nerf num dia de esparguete à bolonhesa, não há como esconder que oito pessoas moram e comem aqui. Mas a maior parte das vezes, a casa está arrumada. E isso faz-me feliz. Suponho que temos algumas regras, simples.

Regra número um: as crianças ajudam.

Nós pintamos, construímos blocos, ficamos cheios de lama lá fora; as crianças podem divertir-se à vontade, mas precisam de limpar-se a elas mesmas, sempre. Os brinquedos voltam, as roupas sujas vão para a lavagem e as roupas limpas vão para os lugares que lhes são destinados.

Eles sabem como colocar coisas no lixo. Sabem vestir-se, como colocar as suas roupas na máquina. Sabem onde é para por os seus sapatos e mochilas e como fazer as suas camas.

É apenas uma questão de rotina e hábito. Não há cá escravos, mas eles têm responsabilidades e, na maior parte, gostam delas.

Regra número dois: deite a tralha fora.

Não, a sério. Eu só tenho panelas e frigideiras que uso regularmente, tenho o mínimo de mobília, cobertores suficientes para cada pessoa da casa. Não temos tralha inútil. Ninguém precisa de seis conjuntos de cama, simplesmente não precisa. Você não precisa de um conjunto de Tupperware que nunca usou antes. Eu sei que a tia Betty lho deu pelo seu sétimo aniversário de casamento, mas se não o usa, deve dá-lo.

E aquele brinquedo partido em cima do frigorífico que está lá há dois anos e que vai “arranjar um dia destes”? Deite-o fora. Se algo não a faz feliz e não usa regularmente, não é preciso. Talvez alguém precise mais?

Regra número três: o material é separado, revistado e arrumado em categorias.

Sempre.

Coisas novas vêm, as coisas antigas vão. As coisas permanecem dobradas. Nós tentamos mantê-las regularmente organizadas. Nós temos um armário para os cobertores, uma caixa de armazenamento para brinquedos, uma caixa de armazenamento de arte, uma área de embrulhos, um armário a vácuo, um armário de limpeza – dá para perceber.

Mas as coisas que não são usadas, novamente, nós deitamos fora. Tudo tem um lugar. Organização é a chave. As nossas gavetas não estão cheias de tralha, a não ser a nossa ÚNICA “gaveta de tralha”. Todos precisam de uma “gaveta de tralha”. Com canetas, elásticos, laços de cabelo, palitos de gelados e menus de takeaway.

Isso é a vida. É uma vida maravilhosa e confusa.

Regra número quatro: aproveitar a manhã.

Eu nunca fecho a porta atrás de mim numa casa suja. Bem, quase nunca. Eu certifico-me de que as crianças arrumaram os seus quartos e fizeram as suas camas. Se eles desarrumarem a sala de jogos de manhã, arrumam-na antes de sairmos pela porta. A pia e os bancos devem estar limpos e as roupas trocadas. Funciona e é feito por volta das 7:20. Logo, eu posso sair pela porta às 8:20 da manhã.
8:30.
8:43.

Estamos sempre muito atrasados. Mas a casa está limpa.

Confie em mim. Não estamos atrasados ​​porque deixamos a casa limpa; é normalmente por causa dos sapatos. É sempre por causa de sapatos. Nós não somos milagrosos. Os nossos filhos ainda conseguem perder os sapatos. A. Cada. Maldito. Dia.

Regra número cinco: um dia de limpeza a fundo.

Um por semana, todas as semanas. Chão, casa de banho, pias, roupa de cama, mesas, televisões, frigorífico e micro-ondas. Feito.

Não complique demasiado. Demora cerca de duas horas. Não exerça pressão sobre si todos os dias. A manhã limpa deve ser suficiente. E depois, o seu dia de limpeza em profundidade. Aumente a música para esse dia (adoro as manhãs de sábado) e apenas limpe.

Regra número seis: não há necessidade de aspirar.

Não sempre Invista numa vassoura com uma pá e uma mopa. Uma mopa que borrifa desinfetante no chão e limpa-o. Eu amo a minha e funciona maravilhosamente bem. É uma das minhas melhores amigas. Uso-a depois do jantar e quando se derrama algo. E no final, atiro o o pano que se prende ao fundo na lavagem. Fácil, fácil.

Regra número sete: velas.

Um aroma doce é tão convidativo como almofadas frescas. Elas fazem sentir a casa fresca. Fazem cheirar a maçãs. Quando não cheira a maçãs. Possa, eu adoro maçãs. E adoro velas. De preferência numa área bem ventilada e não ao mesmo tempo. Isso é inflamável. Também adoro janelas e portas abertas; o ar fresco é tão bom como um feriado.

E aí está: esteja a par das coisas. Não se preocupe com isso a semana toda.

Espero que isto tenha ajudado.

Eu torci o meu tornozelo, então naturalmente parece que um tornado atingiu a minha casa e todos atiraram os seus pertences, correram para se esconder e ninguém foi avistado desde então.

O meu marido está “a ajudar”. Não lhe diga, mas ele não tem muito jeito. Mas ele está a tentar e faz-me chá, por isso provavelmente deveria calar-me.

Porque no final do dia, algumas das minhas melhores lembranças de quando eu era criança estavam concentradas num forte que eu construí na sala dos meus pais, cercado por migalhas de comida, a ver Harry Potter.

Uma casa limpa não faz memórias. Mas estar a par das coisas dá mais tempo para criar memórias.”

PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais