Com 51 anos de casamento Tony Ramos afirma “Ela é tudo” e dá dicas para a vida a dois

6.157

É raro conhecermos histórias de casais que estão juntos há mais de 50 anos, e que continuem apaixonados.

O famoso ator Tony Ramos e a sua esposa Lidiane são um desses casos, completando este ano 51 anos de casamento e uma grande cumplicidade.

Segundo Tony, a chama dos primeiros anos que passaram juntos continua a arder. Numa entrevista recente, o ator abriu o coração e falou da relação com a companheira:

“A parceira que eu tenho é tudo. Os meus filhos também, mas cada um tem a sua vida. Uma família também é composta por um mais um. Quando eu olho para ela, não é um olhar normal, é um olhar que transcende. Ela esteve comigo em todas as lutas, sabe o que eu penso, como eu penso. Nós entendemo-nos só pelo olhar”, disse.

“Nós temos uma coisa que eu acho benéfica, é que sempre que ela pode estar comigo, ela está. É bom darmos a mão. A felicidade, às vezes, está mesmo do nosso lado e é tão lindo”, continuou.

Entretanto, Tony confessou que é um marido um pouco ciumento. “Ela não faz nada para que eu me sinta assim. Às vezes, tenho ciúmes de ela estar a fazer outra coisa. Sinto falta dela comigo. Quando se tem uma companheira como tenho… Meu Deus, estou casado há 50 anos! Já não é só companheirismo, é unha com carne, é um grande amor que nos une. Ela entende-me e eu, mais do que nunca, a ela”, contou.

Quanto à forma de manter a libido, o artista deixou alguns conselhos de sedução. “Começa pelo respeito mútuo. Temos de procurar a sedução contínua, que não está só no olhar fatal, no sexo selvagem. Está no lúdico, que é impalpável. É o sonho. É mostrar, por meio do respeito, que a vida em comum vale a pena. O que lamento muito é que hoje em dia falta elegância, na vida. A elegância é da alma, de aceitar as pessoas como elas são, de conviver com as diferenças”, explicou.

“O toque. O calor dos corpos. Cuidarmos de nós mesmos. Eu cuido muito de mim, e ela também, sempre. A Lidiane é uma mulher da ginástica e mantém uma alimentação saudável. É uma mulher de paz com a vida, que ama as plantas, uma mulher de ideias, de humor. O humor é a chave da vida. Ai daquele que não tiver humor, a vida vira um aborrecimento. E não falo do humor de contar piadas, mas sim de saber não se levar a sério”, acrescentou Tony.

No final, rematou com uma frase de amor que deixou muitos corações derretidos: “o beijo que eu dou à minha mulher, nunca nenhuma colega recebeu”.

PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais