Comunidade indígena doa alimentos cultivados para pessoas afetadas pelo Covid-19

513

A comunidade indígena Bribi, em Talamanca de Limón, na Costa Rica, demonstrou ter um grande espírito de solidariedade e altruísmo ao participar na doação de alimentos às pessoas afetadas pelo novo Coronavírus no país.

Entre outros produtos que embalarem em cestas, os Bribi contribuíram com quantidades generosas de bananas e mandioca que os próprios cultivaram.

Para além dos Bribi, outras comunidades indígenas da Costa Rica também fizeram questão de contribuir, como os Amubri, Suiri, Cuaska, Coroma, Sepeque, Yorkim e Bambú.

As doações foram organizadas e entregues pela Fundação Lloverá, que integra o acordo que as comunidades fizeram com a associação Costa Rica Azul, responsável pela distribuição de emergência no país.

A Fundação está a atuar desde o início da crise em Porto Rico, através da plataforma #SúperSolidario.

No site da fundação, qualquer pode fazer uma doação, sob a forma de dinheiro ou compra de caixas de alimentos.

No total, mais de 145 mil famílias já foram ajudadas.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais