Drone descobre por acaso um glaciar escondido nos Himalaias que parece um paraíso

5.767

Graças à ajuda de um drone, o fotógrafo polaco David Kaszlikowski capturou uma cena impressionante e nunca antes vista no topo de um glaciar, perto da montanha K2. A busca por um local único dos Himalaias começou enquanto estava a gravar o seu futuro documentário chamado “K2 Touching the Sky”.

Kaszlikowski queria um projeto pessoal no qual pudesse trabalhar durante o tempo de inatividade, e enviou o seu drone DJI Phantom para verificar a paisagem à volta do segundo pico mais alto do mundo.

O dispositivo encontrou um local isolado perto de Concordia, a área abaixo do K2, onde os glaciares Baltoro e Godwin-Austen convergem. Kaszlikowski reparou que havia uma secção cercada por uma piscina de água de 20 metros.

“O lugar é muito especial, dá um quadro gráfico muito limpo. Está a desaparecer, a derreter, mudando de forma todos os dias. Ninguém vai fotografá-lo novamente como eu. Ninguém o verá da mesma maneira na próxima estação”, disse o fotógrafo.

Para capturar a visão inspiradora, Kaszlikowski e um guia caminharam até ao local à noite, onde utilizou uma exposição de 30 segundos com uma Canon 5D Mark III. Enquanto o obturador estava aberto, ele iluminou o ambiente com luz LED. O resultado é simplesmente surreal, e tão brilhante que parece ser de outro planeta.

Como fotógrafo veterano, Kaszlikowski teve a prova de como o aprimoramento da tecnologia, como os drones, pode ajudar a conseguir a melhor fotografia possível. “Mas uma coisa nunca muda: você tem que seguir a sua visão”, concluiu.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais