Ele chega atrasado ao trabalho após resgatar um homem que sofreu um acidente e o chefe despede-o na hora

2.596

Esta é a história de Robson dos Santos, residente em São Paulo, que recentemente estava a ir para o trabalho no seu carro quando testemunhou um acidente horrível: um carro capotou 5 vezes, passando pelo guard rail da estrada e acabando de cabeça para baixo numa área de mato densa.

Incapaz de ficar indiferente, Robson parou o carro, saiu e tentou chamar uma ambulância. “Eu vi tudo. O carro virou umas 5 ou 6 vezes. Fui até lá e perguntei ao condutor se ele estava bem e se estava com mais alguém. Ele disse que estava sozinho e pedi-lhe para tirar o cinto de segurança, porque não conseguiria virar o carro sozinho”, conta.

Robson fez questão de ficar ao lado do condutor à espera da ambulância e do reboque, apesar de estar muito atrasado para o trabalho.

Infelizmente, quando chegou ao local de emprego, ainda em choque, foi despedido sem qualquer cerimónia pelo patrão.

Apesar de ter ficado devastado com o seu despedimento, Robson tem a certeza que fez a coisa certa e faria tudo de novo para ajudar a salvar uma vida.

“Eu estava no lugar certo à hora certa. Embora tenha chegado uma hora atrasado ao trabalho, voltaria a fazê-lo”, disse.

PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais