Eles pensavam que a tinham perdido para sempre. Depois de 38 anos, encontram a tartaruga no meio do pó das prateleiras

1.693

Leandro Almeida e os seus familiares pensaram ter perdido Manuela, a sua tartaruga doméstica, no ano de 1982.

Na altura, Leandro era uma criança e adorava Manuela, mas depois da remodelação da casa, nunca mais a viu.

A família pensou que a tartaruga tivesse escapado de casa durante as obras, e tentaram consolar o pequeno Leandro, que ficou destroçado, dizendo-lhe que ela estava de volta à natureza.

Apesar de tudo, o menino nunca esqueceu a adorada tartaruga, o seu primeiro animal de estimação.

Hoje, Leandro é um homem feito, e infelizmente os seus pais faleceram, pelo que ele teve de ir a casa deles organizar tudo.

Enquanto deitava fora os pertences velhos e cheios de pó do pai, que este acumulou ao longo do tempo de forma quase doentia, Leandro reparou em algo que o deixou incrédulo: uma tartaruga!

Era Manuela, que conseguiu sobreviver durante aqueles 38 anos, provavelmente a alimentar-se dos bichinhos da casa empoeirada.

Atualmente, a velha tartaruga está aos cuidados de Leandro, que faz questão de a mimar a dobrar em nome do tempo perdido.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais