Empregada de mesa recebe gorjeta de $ 2.000, mas o gerente do restaurante diz que ela não pode ficar com o dinheiro

5.430

Normalmente, são as gorjetas que tornam um trabalho como empregado de mesa num restaurante mais rentável, principalmente nos EUA.

Contra todas as expectativas, a empregada de mesa Emily Bauer, de 21 anos, do Texas, recebeu uma gorjeta de um cliente feliz que mudaria completamente a sua vida. Foi como um clássico milagre de Natal, mas então tudo foi tirado dela.

O cliente deu-lhe US $ 2.000 de gorjeta, e não foi engano, apenas um ato de gentileza e generosidade.

Emily, que trabalha no Red Hook Seafood and Bar em San Antonio, jamais esperava receber tamanha gorjeta. Ela estava a trabalhar no restaurante há apenas 2 semanas e nunca esperou ser presenteada com tanto.

O episódio aconteceu durante um domingo muito movimentado, quando o restaurante estava totalmente lotado e as pessoas tinham de esperar um bom tempo até ser atendidas.

Em vez de ficar aborrecido por ter de esperar muito tempo, este cliente em particular mostrou-se muito calmo e amigável.

“Está tudo bem, eu sou dono de um restaurante e entendo como é ser empregado de mesa”, disse o cliente. “Obrigado pela compreensão”, respondeu Emily.

Porém, depois de um tempo, o homem aparentemente cansou-se de esperar e decidiu sair do restaurante.

Isso não parece exatamente de um cliente feliz, não é? Acontece que era exatamente o oposto: o homem não apresentou queixa, e em vez disso parou e pediu a conta a Emily, embora nunca tenha recebido as suas bebidas!

Quando Emily viu a conta, reparou numa mensagem que dizia “Feliz Natal! Continue a trabalhar no duro!”, com a incrível quantia de $ 2.000 como gorjeta.

A jovem não conseguia acreditar no que estava a ver, e começou logo a pensar que poderia dar um Natal especial aos filhos.

“Comecei a chorar. Tentei ver se o cliente ainda estava no restaurante, mas ele já tinha saída. A primeira coisa em que pensei foi nos meus filhos”, conta Emily.

Infelizmente, o milagre de Natal da jovem foi estragado de forma chocante quando o seu gerente simplesmente se recusou a deixá-la ficar com o dinheiro.

Aparentemente, era política do restaurante não aceitar gorjetas superiores a US $ 500. Os colegas de Emily acharam ridículo e sugeriram que o pagamento poderia ser feito em quatro notas de $ 500. No entanto, o gerente não quis ouvir.

Entretanto, o homem que deu a gorjeta ligou para o restaurante, perguntando o que havia de errado.

“Ele disse que deixou uma gorjeta generosa e queria saber se eu a tinha recebido. O meu gerente disse que não conseguiram processá-la, e o cliente respondeu que não entendia porquê uma vez que tinha esse dinheiro na sua conta”, conta Emily.

Quando Emily pediu o número de telefone do homem para lhe poder agradecer, o gerente recusou, dizendo que não o tinha.

Foi um golpe duro para Emily e a sua família, especialmente durante estes tempos difíceis.

“Tem sido muito difícil procurar um emprego. O meu namorado estava a trabalhar, mas foi despedido por causa do COVID-19, e agora o meu gerente anula as minhas bênçãos. O que posso fazer?”, desabafou a jovem.

Os meios de comunicação locais entraram em contato com o restaurante em questão, mas o gerente não quis fazer comentários.

Tanto quanto se sabe, Emily ainda não conseguiu reclamar a sua gorjeta de $ 2.000, mas esperamos que isso mude em breve.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais