Ensaio deslumbrante de irmãs albinas mostra que a beleza existe nas mais diversas formas

6.201

Asel e Kamila Kalaganova são duas irmãs, de 14 e 2 anos respetivamente, que nasceram albinas e têm quebrado os padrões, provando que mesmo as pessoas consideradas diferentes podem ser donas de uma grande beleza, tanto interior como exterior.

Recentemente, participaram num ensaio fotográfico incrível, que se tornou viral nas redes sociais.

“As pessoas ficam muito surpreendidas quando nos veem. Muita gente nem sequer faz ideia do que é o albinismo”, disse Asel.

O albinismo é uma condição genética que impede o portador de produzir melanina, o pigmento que dá cor à pele. Desta forma, a pele e os cabelos de um albino não têm pigmentação, e por isso são muito clarinhos.

“Quando dei à luz a minha mais velha, a genética não era um dos nossos maiores conhecimentos. Agora entendemos melhor. Quando ela nasceu, os médicos ficaram chocados. Depois comecei a ler sobre o assunto e descobri que ela era albina”, conta a mãe de Asel e Kamila.

Estima-se que 1 em cada 20 mil pessoas nasça com albinismo, o que a torna uma condição rara, mas isso não quer dizer que não possam ser extremamente belas.

Na verdade, a diferença tem ganho o seu lugar no mundo da moda, e é cada vez mais apreciada.

Veja as imagens e PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais