Este menino muito pobre tinha de atravessar um rio para ir à escola todos os dias: hoje ele estuda em Harvard

301

Romnick L. Blanco é um jovem filipino de uma família de camponeses muito pobre, que apesar de todas as dificuldades nunca desistiu.

A família sempre fez questão que ele estudasse, e Romnick assim fez, mas tinha de atravessar um rio a pé todos os dias para ir para a escola.

Atualmente, alguns anos depois, Romnick formou-se e estudou em Harvard, uma das universidades mais prestigiadas a nível mundial.

Romnick sabia que era muito importante não desistir dos estudos para ter melhores oportunidades no futuro, mas o caminho não foi nada fácil.

Durante a infância, fizesse chuva ou sol, tinha de atravessar um rio diariamente, com o risco de se afogar. Felizmente, todo o sacrifício valeu a pena.

O jovem recebeu, por mérito, o apoio da GreenEarth Heritage Foundation, o que lhe permitiu ter acesso a aulas de inglês e informática e frequentar uma escola em Manila, onde se destacou pelas suas notas.

No final, Romnick foi contactado por várias universidades de renome, e pôde escolher a bolsa de estudos que queria, que acabou por ser a de Harvard.

“Ou eu me afogava naquele rio ou na pobreza”, diz o jovem inspirador, que acabou os estudos com muito sucesso, e mesmo tendo dado a volta não esquece as suas origens humildes.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais