Faz mal misturar uma bebida energética com álcool?

662

Muitas pessoas, especialmente jovens, costumam misturar bebidas energéticas com álcool, como vodka ou whisky.

A combinação de bebidas energéticas e álcool dá uma sensação de energia que as pessoas pensam precisar para conseguir desfrutar da noite. Porém, será seguro?

Apesar de as bebidas energéticas serem úteis em certas ocasiões, como quando precisamos de ficar acordados até tarde, devem ser ingeridas com bastante moderação.

O consumo excessivo de bebidas energéticas é prejudicial para a saúde, podendo estragar os dentes e provocar problemas gástricos e cardíacos.

A mistura destas com álcool é uma prática muito recorrente e perigosa para o coração, porque as bebidas energéticas possuem muitas substâncias que dão energia e fazem o coração bater mais rápido, como a cafeína e a taurina, e o álcool amplifica e potencializa a ação delas. Em casos mais extremos, a mistura pode mesmo ser mortal.

Se faz mesmo questão de misturar bebidas energéticas com álcool, tenha atenção à quantidade de bebida energética que ingere.

As bebidas energéticas são desaconselhadas a pessoas com problemas cardíacos, pressão alta ou arritmias. Até mesmo as pessoas saudáveis só devem consumir, no máximo, três bebidas energéticas num longo período de tempo, e beber um copo de água para cada uma.

Comparado com quem bebe álcool “simples”, as pessoas que costumam misturá-lo com bebida energética têm uma probabilidade seis vezes maior de sofrer problemas cardíacos.

PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais