Fundador do Twitter doa quase 1/3 da sua fortuna para ajudar o mundo contra o Coronavírus

746

Jack Dorsey, um dos fundadores e atual CEO do Twitter, doou quase 1/3 de toda a sua fortuna para ajudar o mundo no combate ao novo Coronavírus – aproximadamente R$ 5,2 biliões.

Esta doação corresponde a 28% da totalidade do seu património, como revelou o próprio, e foi feita em nome da Start Small Foundation, organização criada pelo bilionário de 43 anos, com a orientação da Silicon Valley Community Foundation.

“Porquê agora? Porque as necessidades são urgentes e porque quero ver resultados em vida. Espero que isto inspire outros a fazer algo do género. A vida é demasiado curta, por isso vamos fazer o que podemos para ajudar as pessoas agora. Porquê a transparência? É importante mostrar o que estou a fazer para os outros se inspirarem. Já descobri e financiei muitas organizações com impacto comprovado, sobretudo de forma anónima. No futuro, todas as doações serão públicas. Aceitam-se sugestões”, escreveu Jack na sua conta do Twitter.

Segundo o documento partilhado por Jack, do total de 1 bilhão de dólares depositados, 100 mil dólares já foram usados.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais