Gratidão – um dos maiores segredos das pessoas felizes

1.013

É sempre bom fazer uma introspeção sobre a nossa vida e os nossos valores, para conseguirmos melhorar.

Para ajudar nesse trabalho, deixamos um belo texto de reflexão, adaptado da redação de Viviane Battistella:

“A gratidão pode fazê-lo feliz. Ser grato é uma capacidade que, uma vez adquirida, transforma o seu olhar sobre o mundo, a vida, as pessoas e cada acontecimento.

Aprendi uma vez numa entrevista que mais importante do que dizer “obrigada” é agradecer tudo de bom que nos acontece com entusiasmo. A motivação é imprescindível para quem quer iniciar o treino de agradecer em vez de reclamar, segundo muitos profissionais que já perceberam que a prática da gratidão pode mesmo fazer milagres.

A capacidade de manter o pensamento positivo, de olhar para o lado bom das coisas (e acreditem, tudo tem um lado bom) e o hábito de agradecer diariamente leva-nos lentamente a uma mudança de paradigmas e valores, que pode ser responsável pela nossa felicidade.

Os indivíduos que se queixam muito desenvolveram padrões de pensamento e comportamento pessimistas. Se fizermos um treino, conseguimos perceber que, sobre cada evento na nossa vida, temos os nossos próprios sentimentos e interpretações. São esses mesmos sentimentos e interpretações que podem transformar as experiências em algo positivo ou negativo.

O segredo está nas “lentes” com as quais olhamos para a vida. Podemos olhar para o trânsito congestionado, para o apagão da energia elétrica, para a implicância do colega de trabalho e o peso que aumentou na balança no último fim de semana como grandes tragédias. Podemos reclamar da desarrumação que as crianças fazem em casa, por ter que ir ao supermercado lotado e do cão do vizinho que ladra a noite inteira.

Mas pensemos: o que faria uma pessoa grata em cada uma dessas situações? A verdade é que a vida delas não é perfeita, mas elas são felizes na mesma.

Felizes por ter um carro que as permite deslocar-se de forma independe, por terem eletricidade garantida maior parte do tempo e por terem um emprego. Uma pessoa grata e feliz apenas desfruta do fim de semana e nunca se martiriza pelos quilinhos a mais resultantes disso.

Pessoas gratas gostam até da bagunça das crianças, pois é sinal que estão a viver a sua infância normalmente. Quanto ao supermercado, são gratas por poderem estar naquela grande fila, pois muitas pessoas gostariam de estar lá e poder comprar pelo menos o essencial.

Em relação ao cão do vizinho, pessoas gratas e felizes costumam ter cães, e mesmo que não tenham, gostam de todos incondicionalmente, pois respeitam todos os seres.

A gratidão pode ser uma das portas para a felicidade, exatamente porque as pessoas gratas são sempre felizes. Agradeça, agradeça muito, sempre. Caso esteja a ler estas palavras num dia mau, agradeça por poder ler, por ter uma cama onde dormir, comida para comer e um teto para o proteger.

Pare de cismar sobre o que não tem, o que não pode fazer e aquilo que não é. Dentro de cada um de nós há uma guerra constante entre duas energias, que eu prefiro deixar aqui ilustradas apenas como dois copos, um meio vazio e outro meio cheio – quem sofre pela água que não tem, deixa de beber a que está disponível mesmo debaixo do seu nariz.

Em cada amanhecer, é dada a todos a oportunidade de viver um lindo dia, uma nova vida, uma diferente forma de experienciar o que virá. Dê-se uma nova oportunidade a si mesmo – comece a praticar a gratidão.”

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais