Invencível: aos 104 anos, ela já derrotou a gripe espanhola em 1918 e o Covid-19 em 2020

1.249

Ada Zanusso, uma senhora italiana de 104 anos, tornou-se recentemente a pessoa mais velha a vencer a batalha contra o Covid-19.

No dia 17 de março, uma semana depois de o governo italiano impor quarentena, Ada começou a sentir os primeiros sintomas, nomeadamente febre, vómitos e dificuldade em respirar.

Residente num lar de idosos em Biella, no norte de Itália, Ada foi internada no hospital de imediato, tendo sido lá diagnosticada com o novo Coronavírus.

“Suspeitei que fosse Coronavírus devido ao número de casos no lar. Infelizmente, eles tiveram por lá algumas mortes”, contou Giampiero, o filho.

Na verdade, esta não foi a primeira vez que Ada enfrentou uma pandemia. Tendo nascido no ano de 1916, a idosa sobreviveu às duas guerras mundiais e à gripe espanhola, que matou cerca de 50 milhões de pessoas pelo mundo inteiro.

Felizmente, Ada conseguiu também derrotar o novo Coronavírus! “Ela está de pé e consegue caminhar até à cadeira. Não perdeu a lucidez e inteligência. A sua recuperação foi uma grande alegria para nós e um sinal de esperança para todos os que estão a sofrer nestes dias tão difíceis”, disse Carla Furno Marchese, a médica da idosa.

Tão bom ler uma notícia assim, PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais