Inventados os sapatos com GPS para localizar as pessoas com Alzheimer e evitar que se percam

946

Segundo a OMS, existem 47,5 milhões de pessoas com demência senil a nível mundial, e anualmente registam-se 7,7 milhões de casos novos, o que é muito preocupante.

Infelizmente, as pessoas que sofrem de Alzheimer têm tendência para perder a capacidade de orientação espácio-temporal de forma progressiva, acabando mesmo por poder sentir-se perdidas na própria casa.

O Alzheimer deixa os doentes muito desconfortáveis em praticamente qualquer lugar, e fá-los ficar bastante ansiosos e confusos. Por essa razão, alguns idosos perdem-se e acabam desorientados e assustados, assim como os seus familiares.

Como cada vez mais se têm verificado casos destes, uma empresa japonesa chamada Wish Hills decidiu criar uma solução: sapatos com GPS interno. Assim, sempre que um idoso sair sem avisar, será possível localizá-lo e levá-lo novamente para segurança.

A empresa criou um dispositivo altamente inovador para ajudar as pessoas com demências, que envia uma notificação para o telemóvel do familiar com a localização do doente, sempre que este se afasta 50, 100 ou 500 metros de casa. A localização pode ser vista diretamente no telemóvel ou no computador.

Os sapatos já estão à venda, mas exclusivamente no Japão, por um preço de US $ 298. Apesar da distância e do preço não ser acessível, esperamos que seja apenas o início de muitas soluções inovadoras para a população com Alzheimer.

PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais