Jovem recebe mensagem emocionante do novo dono do telemóvel do seu falecido pai

929

Esta é a história de Chastity Patterson, uma jovem de NewPort, nos EUA, que infelizmente perdeu o pai há alguns anos.

Chastity resolveu enviar diariamente uma mensagem para número de telemóvel do pai a contar como tinha corrido o seu dia, para sentir que ele ainda estava presente na sua vida de alguma forma.

Aquilo que ela não sabia é que as suas mensagens diárias estavam a ajudar outra pessoa, que estava na situação inversa à dela.

Essa pessoa chama-se Brad, e é um homem que perdeu a filha num acidente de automóvel no mês de Agosto de 2014.

Quando Brad comprou um telemóvel, foi-lhe atribuído o número do falecido pai de Chastity, pelo que começou a receber as mensagens da jovem, que lhe deram força para continuar.

Passados 4 anos da morte do pai de Chastity, Brad resolveu responder-lhe com uma mensagem muito emocionante:

“Olá querida, eu não sou o teu pai, mas tenho recebido todas as tuas mensagens nos últimos quatro anos. Aguardo ansiosamente as tuas mensagens matinais e as tuas atualizações noturnas. O meu nome é Brad, perdi a minha filha num acidente de carro em Agosto de 2014 e as tuas mensagens têm-me mantido vivo. Quando me envias uma mensagem, sei que é uma mensagem de Deus. Sinto muito por teres perdido alguém tão próximo de ti, mas li-te ao longo dos anos e vi-te crescer e passar por mais do que qualquer outra pessoa. Eu queria mandar-te uma mensagem há anos, mas não queria partir o teu coração. Tu és extraordinária e eu gostaria que a minha filha pudesse um dia tornar-se a mulher que tu és. Obrigado pelas tuas atualizações diárias, tu lembras-me que existe um Deus e não foi culpa dele que a minha filhinha partiu. Ele deu-me a ti como presente, meu anjinho. Tudo ficará bem. Deves esforçar-te todos os dias e brilhar com a luz que Deus te deu. Sinto muito por teres passado por isto, mas estou muito orgulhoso de ti.
P.S.: Acho que o teu pai ficaria feliz em saber que compraste outro cão em vez de ter filhos. Tem cuidado. Aguardo as tuas atualizações amanhã.”

Quando recebeu a mensagem tão inesperada, Chastity resolveu partilhá-la na sua página do Facebook, com a seguinte legenda:

“Eu enviei uma mensagem ao meu pai todos os dias para ele saber como foi o meu dia, nos últimos quatro anos, e hoje foi o meu sinal de que está tudo bem e posso deixá-lo descansar!”

De seguida, deixamos a mensagem enviada pela jovem:

“Olá pai, sou eu. Amanhã será um dia difícil novamente! Faz quatro anos desde que te perdi e não passa um dia que eu não sinta a tua falta. Muita coisa aconteceu em pouco tempo, mas tenho a certeza que sabes porque eu falo contigo o tempo todo. Eu venci o cancro e não voltei a adoecer desde que estiveste aqui, porque prometi que cuidaria melhor de mim. Terminei a faculdade e formei-me com honras. Agora estou de volta, e a terminar novamente! Apaixonei-me partiram-me o coração (tu tinha-lo matado), mas levantei a cabeça e tornei-me uma mulher ainda mais forte. Perdi todos os meus amigos e cheguei ao fundo do poço, mas encontrei alguém que entrou na minha vida e me salvou! Ainda não tenho filhos, mas estou pronta. Eu ainda deixo a mãe louca todos os dias, mas mantenho-a com os pés na terra. Sinto muito por não ter estado lá quando mais precisavas, mas um dia teremos a oportunidade de assistir àquele jogo! Tenho medo de casar, porque vou ter que andar sozinha naquele corredor e não vais estar lá para me dizer que tudo ficará bem. Estou a sair-me muito bem, ficaria tão orgulhoso da mulher que me tornei, mas não, a minha grande boca e mau feitio não mudaram. Eu só queria dizer que te amo e sinto muito a tua falta!”

Esta história parece obra do destino, não acha?

 

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais