Este casal divorciou-se depois de ela engordar e ele traiu-a. Mas quando ele bateu à sua porta um ano depois, ela não hesitou em fazer isto.

3.972

Esta é a história de Lisseth Expósito, uma jovem venezuelana que reside atualmente em Kent, na Inglaterra.

Quando tinha 15 anos, conheceu José, um venezuelano com 19 anos, com quem começou a namorar.

Depois de 3 anos juntos, resolveram casar e Lisseth acabou por engravidar. Porém, não era apenas por causa do bebé que a barriga de Lisseth não parava de aumentar.

Infelizmente, os dois costumavam comer fast food praticamente todos os dias, mas ao passo que José mantinha o peso, Lisseth engordava cada vez mais, chegando a pesar mais de 136kg.

Durante a gravidez, José deu-lhe apoio e dizia-lhe que esta certamente iria emagrecer depois de dar à luz.

Contudo, após o nascimento da primeira filha, Lisseth não sentiu diferenças nenhumas.

“Eu continuei a comer por dois. Só pensava na próxima refeição”, admite a jovem.

Lisseth acreditava que o amor que José sentia por ela era superior ao seu peso, mas estava errada.

“Nós passávamos muito tempo juntos, e todas as noites antes de dormir ele beijava-me na bochecha e sussurrava que me amava. Eu sentia-me a rapariga mais sortuda do mundo. Mas quando engordei, ele começou a olhar-me com nojo. Quando eu comia o jantar no sofá, ouvia-o a chamar-me gorda em voz baixa, enquanto as migalhas iam caindo na minha barriga”, recorda Lisseth.

A partir daí, a relação foi ficando cada vez pior e José até chegou a chamar a companheira de “elefante”.

“Eu tentava mostrar carinho na cama, mas ele virava-se para o lado para dormir. Eu repelia-o e chorava até dormir”, conta Lisseth, que se começou a refugiar ainda mais na comida.

Entretanto, José andava com outra mulher, e quando Lisseth descobriu a traição, decidiu que já não dava mais para continuarem juntos.

Depois de se divorciarem, Lisseth comprometeu-se a investir em si própria e esforçou-se muito para conseguir perder peso, tendo emagrecido mais de 59kg.

“Eu perdi peso por mim, depois de deixar a fast food e o meu marido, que era um lixo”, afirma a jovem mãe.

José ficou de ir buscar a filha aos fins-de-semana, e desde que Lisseth começou a emagrecer que voltou a vê-la com outros olhos.

“Estás bonita”, disse José, pela primeira vez em muito tempo, mas Lisseth limitou-se a rir e a fechar a porta na cara dele.

Esta é a prova de que nunca devemos cuspir no prato onde comemos, pois todas as pessoas merecem respeito e podemos sempre vir a arrepender-nos.

Lisseth é um exemplo de coragem e determinação.

Se concordas connosco, partilha!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais