Ela fugiu de casa e virou mãe sem-abrigo. Hoje é uma empresária milionária

1.800

Mimi Goodwin, também conhecida como “Mimi G”, cresceu em Chicago e passou a maior parte dos verões em Porto Rico com o pai, onde cultivou a sua paixão por costurar e confecionar tecidos.

Devido a uma infância traumática que incluiu abuso sexual de mais de um membro da família, Mimi fugiu de Chicago para a Califórnia com apenas 15 anos.

Aos 17 anos, ela ficou sem-abrigo, sozinha e grávida da sua primeira filha. Apesar de tudo, a costura foi o que a manteve à tona.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Mimi G (@mimigstyle)

“Tive de superar o trauma e costurar foi uma maneira de me soltar”, explica. Embora estivesse a passar grandes dificuldades, Mimi diz que tudo aquilo que passou a fortaleceu e tornou mais focada.

Depois de se matricular numa escola de moda, acabou por perceber que já tinha aprendido sozinha tudo o que o estabelecimento cobrava tanto para ensinar, e foi então que tomou a decisão de mudar de vida e levar a sua paixão por costura e estilo para o mundo online.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Mimi G (@mimigstyle)

“Eu era uma mãe solteira, a lutar para sobreviver e tentar o meu melhor para me manter à tona quando comecei o meu blog”, disse Mimi.

Ela começou por mostrar ao público os seus padrões e projetos de costura online. No entanto, foi a sua página de YouTube “Mimi G Style”, com vídeos de passo a passo, que deu origem à sua marca.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Mimi G (@mimigstyle)

“As pessoas adoraram! Eu não tinha intenção inicialmente, mas com o sucesso daquele tutorial em vídeo, transformei o meu blog num negócio digital”, conta.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais