Homem desenvolve plano para transformar navio de cruzeiro abandonado em casa para sem-abrigos

3.753

A cidade de Portland, no Maine, tem lidado com problemas no acesso à habitação há muitos anos e não parecia haver solução à vista. Porém, graças à criatividade de um empresário local chamado Ken Capron, esse problema pode vir a ser resolvido em breve.

Ken quer encontrar um cruzeiro antigo e não utilizado e reaproveitá-lo para atracar permanentemente no maior porto da cidade e abrigar os sem-abrigo.

Desta forma, as pessoas poderão morar no navio e a cidade acabará por criar um novo bairro flutuante. Ao mesmo tempo que resolve a falta de habitação acessível, não requer qualquer espaço em terra firme.

“Estamos a olhar para quatro populações: a população sem-abrigo, a população de baixo rendimento, a população ativa e a população imigrante, que precisam de moradia. Todos precisam de formação em habilidades profissionais e nós ofereceríamos isso a bordo”, disse Ken.

O plano é ambicioso, mas ele refletiu sobre o conceito do início ao fim, e felizmente o prefeito está aberto à ideia.

Em essência, o antigo navio será reaproveitado e terá 5 conveses, totalmente equipados com um mínimo de 100 unidades habitacionais.

Ainda há algumas dúvidas sobre o processo que precisam de ser respondidas – talvez uma das questões mais importantes seja de onde viria o financiamento para o navio e quaisquer ajustes necessários. Contudo, o espírito empreendedor é muito forte neste empresário local, por isso ele tem um plano que também é financeiramente sólido.

“Não sei se é a ideia mais ou mais brilhante que já ouvi, mas o que eu gosto é que ele tem maneiras criativas de descobrir como construir moradias na cidade de Portland”, disse o prefeito Ethan Strimling.

Há alguns desafios por enfrentar ao longo do caminho, mas já foi solicitada uma bolsa que permitirá um estudo de viabilidade.

Se o resultado do estudo for positivo, ele planeia seguir em frente e apresentar tudo ao comité municipal. Segundo o Miami Herald, o conceito já recebeu uma “reação positiva”.

Quanto aos custos, o mínimo previsto seria de cerca de US $ 5 milhões, e um máximo de US $ 100 milhões, mas considerando o facto de o navio ter espaço para até 1000 pessoas ou mais, o preço é irrisório.

Ken tem esperança que a sua iniciativa desperte um desejo semelhante em outras cidades, de fornecer moradia de forma idêntica.

O projeto é apelidado de “Hope Harbor” e pode ter um impacto muito positivo sobre os sem-abrigo em Portland.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais