Orangotango estende a mão para ajudar homem em águas repletas de cobras num incrível momento de compaixão

2.847

As imagens de um encontro emocionante entre um homem e um orangotango estão a fazer manchetes em todo o mundo. Nas fotografias virais, o macaco parece estender a mão para um guarda florestal que se encontrava num rio infestado de cobras.

Um fotógrafo amador da Indonésia chamado Anil Prabhakar estava na área de floresta protegida de Bornéu quando tudo aconteceu. Ele estava num safari com os seus amigos e foi uma das testemunhas sortudas da incrível interação entre o homem e o orangotango.

Com a sua câmara, Anil conseguiu tirar algumas fotografias, onde se pode ver o animal a inclinar-se para a frente e a dar uma mãozinha ao homem, trabalhador da Fundação de Sobrevivência do Orangotango de Bornéu (BOS).

A BOS é uma organização sem fins lucrativos na Indonésia dedicada à proteção de espécies ameaçadas de extinção, fundada em 1991 e com 400 membros até ao momento. Atualmente, a organização tem 650 orangotangos sob os seus cuidados.

O trabalhador estava ocupado a retirar cobras do rio para impedir que atacassem os orangotangos, quando o curioso macaco se aproximou.

“Havia um relatório de cobras naquela área, então o guarda foi tentar limpá-la, e um orangotango chegou muito perto dele e estendeu-lhe a sua mão”, disse Anil.

Segundo Anil, o guarda estava com dificuldades em mexer-se na água lamacenta. Quando o macaco estendeu a mão, parecia mesmo estar a oferecer-lhe ajuda.

Então, o guarda afastou-se do animal e saiu da água. Quando Anil lhe perguntou porque é que ele não pegou na mão do orangotango, o profissional respondeu: “eles são animais selvagens, não sabemos como reagirão”.

Estas espécies ameaçadas de extinção são levadas para a floresta de conservação se estiverem sujeitas a uma destruição de habitat, forem feridas ou correrem risco de serem caçadas.

A sua taxa de reprodução também é muito lenta – na natureza, um orangotango fêmea só dá à luz a cada 6-8 anos.

Esta interação entre um orangotango e um homem prova que estes seres inteligentes são muito parecidos connosco do pensamos, e também sentem compaixão pelo outro.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais