Padre Júlio espalha flores em local onde a prefeitura pôs pedras para afastar os sem-abrigo

631

Recentemente, o Padre Júlio Lancelloti voltou a ser notícia pelas melhores razões, nomeadamente por defender os interesses da população mais carenciada.

Desta vez, o padre liderou um protesto contra a Prefeitura de Bruno Covas, devido à instalação de pedras em viadutos da zona leste de São Paulo, com a intenção de afastar os sem-abrigo.

As tais pedras foram colocadas debaixo dos viadutos Dom Luciano Mendes de Almeida e Antônio de Paiva Monteira, na Avenida Salim Farah Maluf, no Tatuapé.

Indignado, o Padre Júlio apelou aos paulistanos que deixassem flores nos locais onde foram instalados os materiais que durante uma semana impossibilitaram o acesso aos sem-abrigo.

“Nós queremos flores e não pedras. Queremos uma cidade humana e não uma cidade empedrada e empedernida”, disse o pároco louvável.

PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais