Para os amantes de livros: a biblioteca mais charmosa do mundo fica em Praga

409

A biblioteca Klementinum, um exemplo requintado da arquitetura barroca, foi aberta pela primeira vez em 1722 como parte da universidade jesuíta e abriga mais de 20.000 livros.

Esta biblioteca, situada em Praga, na República Checa, é o sonho de qualquer amante de livros e foi eleita como uma das bibliotecas mais bonitas e majestosas do mundo, com frisos pintados por Jan Hiebl.

Em 1781, o diretor Karel Rafael Ungar criou uma coleção de literatura em língua checa, com uma coleção exclusiva de Mozar, materiais que pertenceram ao astrónomo dinamarquês Tycho Brahe, e outros exemplos históricos e raros checos.

Alguns dos raros livros históricos desta coleção foram enviados ao Google para digitalização e, eventualmente, estarão disponíveis no Google Livros.

Hoje em dia, a biblioteca Klementinum é considerada o segundo maior edifício de Praga, sendo o castelo da cidade o primeiro.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais