Polícias doam bicicleta a entregador de comida que fazia entregas a pé

1.456

Na cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo, os polícias Rodrigo e Barbosa da Polícia de São Paulo, conheceram um homem de 39 anos que trabalhava como distribuidor de comida, mas fazia todas as entregas a pé.

Infelizmente, por causa da pandemia de Coronavírus, ele e a esposa perderam o emprego e resolveram começar um negócio familiar.

Como estavam apenas no início, não tinham meio de transporte para entregar os bolos confecionados pela mulher, por isso ele decidiu fazer as entregas a pé.

Às vezes, consegue alugar uma bicicleta por 20 reais, mas não tem possibilidades monetárias de fazer isso frequentemente.

Após conhecer a sua história, os polícias ficaram emocionados e quiseram ajudá-lo. Então, decidiram angariar dinheiro com a ajuda da comunidade, para comprar-lhe uma bicicleta e tornar as entregas mais rápidas e eficientes.

Ao fim de alguns dias, conseguiram atingir o objetivo e presentaram o homem com uma bicicleta nova.

Ele ficou tão emocionado com o gesto da comunidade e dos agentes que não conseguiu segurar as lágrimas, num momento que deixou muitas pessoas comovidas.

Nunca imaginaria que uma conversa casual acabaria por desencadear uma série de eventos que impactaram tão positivamente o seu negócio e a sua vida nestes tempos difíceis.

PARTILHE!

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais