Soldados australianos passam o tempo livre a cuidar de coalas feridos nos incêndios

15.375

Os militares do Exército Australiano recebem merecidos intervalos para combater os incêndios catastróficos, mas em vez de usá-los para descansar, passam-no a alimentar e confortar coalas feridos.

Muitos incêndios têm vindo a assolar as florestas de Nova Gales do Sul e Nordeste de Victoria, na Austrália, desde o mês setembro. No meio de todo o desastre, inúmeros indivíduos e grupos estão a arriscar as suas vidas para fornecer ajuda.

Por todo o país, vários abrigos de animais abriram as suas instalações, e algumas pessoas até as próprias casas, para centenas de animais selvagens feridos que precisavam de um local seguro para recuperar.

Agora, os militares do Exército da Austrália estão a fazer o mesmo. Na última sexta-feira, homens e mulheres da Força de Apoio de Emergência do Regimento da Austrália do Sul e da Tasmânia visitaram o Cleland Wildlife Park durante o seu tempo livre para cuidar de coalas em necessidade.

Por meio de uma publicação no Facebook, o Exército Australiano partilhou uma série de fotografias onde se vê os seus membros a alimentar e embalar cuidadosamente os coalas.

Para além de ter sido uma grande ajuda para os coalas, o tempo que passaram lá também foi benéfico para os próprios militares. “Foi um grande incentivo moral para nossa equipa de trabalho árduo nas colinas de Adelaide”, escreveram. Após a visita, o grupo retornou a Adelaide Hills para combater as chamas novamente.

Os especialistas estimam que mais de 1 bilhão de animais selvagens, muitos deles coalas, tenham perdido a vida nos incêndios florestais.

“Acho que os animais nativos da Austrália, como os coalas, foram os que mais sofreram com os incêndios. Quando ameaçados, o seu instinto é escalar árvores. No entanto, quando a ameaça é um incêndio, essa reação leva a uma tragédia. Alguns sobreviveram, mas têm queimaduras horríveis nas mãos, pés e rosto”, diz o Capitão Garnett Hall, diretor e veterinário do Hospital Veterinário da Costa Oeste, em Perth, na Austrália.

Os tempos difíceis têm uma forma de trazer ao de cima o melhor das pessoas. Testemunhámos atos de coragem, bondade, compaixão e desenvoltura por parte de indivíduos por todo o mundo, para ajudara Austrália a recuperar desta catástrofe.

Os animais podem não ter como expressar a sua gratidão, mas temos a certeza de que cada um deles se sente muito grato pelos bons samaritanos que salvaram as suas vidas.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais