Uma cadela mamã conduz os voluntários de um refúgio numa casa onde outros animais eram maltratados

928

Clover, uma cadelinha desnutrida, foi notada pelos voluntários da Royal Animal Refuge, organização de proteção dos animais da Geórgia (EUA).

Parecia que queria dizer-lhes algo… talvez precisasse de ajuda para os seus filhotes, pensou a equipa.

Quando tentaram pegar nela, ela rejeitou. Não queria que a levassem; queria levá-los a eles a algum lugar.

Ela não desistiu de tentar comunicar com os voluntários, e a sua determinação levou-os a descobrir um sítio onde estavam muitos animais trancados, desnutridos e doentes. Pelo meio, encontrava-se um cão, uma galinha, dois patos e dois coelhos já mortos em gaiolas.

“Achávamos que ela estava a levar-nos até às suas crias, mas era muito mais. Foi uma visão horrível que nunca esqueceremos”, disse a equipa no Facebook.

Depois disto, a polícia prendeu Ashley Greshman, de 27 anos, por crime de crueldade com animais.

Naquele inferno, a adorável Clover rasgou uma almofada, com a qual fez uma caminha para os seus pequenos recém-nascidos.

Atualmente, todos os animais encontrados com vida naquele lugar estão a recuperar a saúde e a confiança em seres humanos.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais