Tudo o que alguém tirar de você indevidamente, o Universo vai arranjar uma forma de lhe devolver

421

Tudo que alguém tirar indevidamente de si, o Universo arranjará forma de lhe devolver. E devolver em dobro. De uma forma muito melhor do que tudo o que tinha planeado. Ninguém se pode apoderar de algo que não lhe pertence e sair impune na lei da vida.

Num primeiro momento, achamo-nos sem sorte e injustiçados, mas é certo que o Universo sabe bem aquilo que recebe e de quem. Estamos todos sujeitos às leis universais, e a Lei do Retorno não falha. Não desista de praticar o bem só porque alguém se aproveitou, não desista do amor só porque se cruzou com alguém que não sabe amar. Não deixe de acreditas que melhores dias virão só porque está nublado lá fora.

Às vezes somos colocados em situações más por quem nem esperávamos; a pessoa a quem estendemos a mão puxa-nos e manda-nos para dentro do poço. E nessas horas, em que você está lá em baixo, não se lamente nem blasfeme contra Deus. Intensifique as orações.

Na certeza de que Deus nunca falha, de que Ele vê tudo e sabe exatamente o que se passa dentro de cada coração. Porque nós somos Ele. Nós somos parte inseparável do Universo.

Houve alturas na minha vida, em que eu ia dormir a chorar durante várias noites consecutivas. Eu acordava sem perspetivas. Numa falência múltipla, da alma, da mente, da saúde física, da vida financeira e espiritual. Mas eu nunca questionei Deus. Em vez disso, eu dizia “obrigada Universo, eu sei que eu sou parte que compõe o Todo, e por isso nunca estou desamparado”.

Eu adormecia a chorar porque na nossa condição de humanos aqui na Terra, isso faz parte da nossa essência; a tristeza, a raiva, a melancolia. São emoções genuínas e espontâneas da nossa espécie humana. Chorar alivia-nos, liberta a energia que está em excesso e nos prejudica, acalma-nos. Eu não chorava de desespero, mas sim para aliviar as angústias da minha alma.

Eu já estive em várias situações que me exigiram muita resiliência, perseverança, e que me consumiram alegria e energia vital. Mas elas foram construindo a minha fé e tornaram-na indestrutível. A fé em Deus e em mim. E a fé é a verdadeira essência da força de uma pessoa.

As pessoas mais fortes e gigantes que conheço são as que possuem os olhares mais doces e os sorrisos mais acolhedores deste mundo.

Nem sempre o mar está favorável; nem sempre haverá reciprocidade. Nem sempre vai encontrar boas pessoas pelo caminho. Nem sempre as coisas darão certo à primeira. Nem sempre o caminho mais fácil será o melhor. Nem sempre as águas paradas são as mais seguras. Nem sempre as circunstâncias nos serão propícias. Mas podemos sempre entregar os nossos medos e mágoas a Deus e soltar. Dar-nos paz e tréguas. Podemos sempre rezar, não para implorar, mas para agradecer pela providência divina. Por isso hoje, quando for deitar e vier aquela vontade irreprimível de chorar, chore. E use as suas lágrimas para hidratar as suas esperanças.

Chore e aconchegue-se nos braços do Senhor, durma na sua promessa. Enquanto dorme, o Universo e a sua força magnífica trabalham para que a Ordem seja restabelecida na sua vida. Trabalham para lhe entregar tudo aquilo que é seu por direito. Você só precisa de fazer a sua parte, que é continuar a sonhar, a amar, a ser luz, a emanar bondade e a confiar. Continue a cultivar os bons sentimentos nos campos da sua alma.

O que nos parece uma longa espera, pode ser na verdade uma preparação. Uma preparação para os dias mais tranquilos e felizes da sua vida. Confie! O Universo não gosta de incoerências. Ele não falha. É preciso. As tempestades às vezes chegam para levar tudo aquilo que tinha as raízes fracas. Lembre-se disso.

Um belo dia, em breve, você vai acordar e deparar-se com notícias maravilhosas! Com um mundo totalmente novo, construído em cima das bases sólidas da sua fé e do seu amor. E nesse dia, tudo vai fazer sentido.

Você vai achar-se tolo por ter duvidado de Deus, vai achar-se pequeno diante de tudo o que Ele está a entregar-lhe, e vai sorrir e agradecer por tudo ter dado “errado”. Vai agradecer por todas as pessoas que saíram da sua vida. Vai agradecer por todas as “perdas”. Afinal, o mundo dá voltas, não é? E é Ele que roda essa roda gigante.

Adaptado de: texto de Bruna Stamatoem Sábias Palavras

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais