Você vai arrepender-se se ficar na sua zona de conforto

522

Não importa que decisão você tome, não importa que caminho siga na vida, há uma chance de se arrepender. É por isso que deve tomar as suas decisões com base no que pensa que se vai arrepender menos.

Você arrepender-se-ia mais de contar os seus sentimentos à pessoa por quem está apaixonado e esta não corresponder, ou nunca lhe contar o que sente e passar a vida inteira a questionar-se se ela também estaria interessada? Prefere deixar o emprego atual e esforçar-se para pagar o aluguer da casa a tempo, ou prefere continuar num trabalho que odeia, sem nunca saber se poderia ganhar a vida a fazer o que ama?

Não pode permitir que o medo o impeça de viver a sua vida. Não importa o caminho que escolher, vão sempre haver coisas que podem dar errado. Mesmo que siga a rota mais segura, não há garantias. Há sempre uma chance de você não conseguir o que queria.

Num discurso viral, Jim Carrey falou sobre como o seu pai escolheu ser contabilista em vez de comediante, porque queria fazer uma escolha mais conservadora, mas acabou por ser despedido. O ator terminou a história da seguinte maneira: “aprendi muitas lições ótimas do meu pai, e a mais importante foi que podemos falhar no que não queremos, para podermos arriscar a fazer o que amamos”.

Da próxima vez que ficar preso num dilema, lembre-se da história dele. Lembre-se que permanecer na sua zona de conforto nem sempre é a decisão mais sensata. Às vezes, deve correr riscos, mergulhar no desconhecido.

Pode hesitar em contar a alguém como se sente agora, porque está preocupado que a pessoa lhe parta o coração. Mas você pode partir o seu próprio coração, ao assumir que sabe como a outra pessoa se sente, sabotando o potencial relacionamento antes que este tenha sequer tido uma oportunidade. Ou então, pode estar preocupado em deixar a sua posição atual para perseguir os seus sonhos. Mas, como o pai de Jim, pode acabar por ser demitido dessa posição de qualquer forma.

Não há como saber o que o futuro nos reserva, e é por isso que não devemos preocupar-nos demasiado. Atenção, deve sempre planear e pensar nas suas opções, mas nunca deve assumir que a vida vai seguir o caminho que você espera. Qualquer coisa pode acontecer. Se jogar pelo seguro, poderá sofrer. Se arriscar, poderá ter sucesso.

Na próxima vez que tiver um dilema, o melhor é questionar-se sobre aquilo de que menos se arrependeria. Pergunte a si mesmo quais recompensas valem os seus riscos. Pergunte a si mesmo que tipo de futuro prefere viver.

Em suma, você não pode deixar de ter arrependimentos, mas pode certificar-se que tem os arrependimentos certos.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Aceitar Ler Mais